Oficina das Noivas

Cores Neutras | Para decoração de quarto infantil

abr 04, 2018
Decoração

Vamos falar de identidade de gênero!?

Calma eu sei que estou aqui para falar de decoração, vem comigo que eu te explico!

Quando começamos a planejar o quarto do bebe em geral pensamos no tema e na paleta de cores, nos itens indispensáveis e em todas as fofurinhas que vai compor esse ambiente. Eu pessoalmente não curto a ideia de usar azul para meninos e rosa para meninas, porque acho que cores não tem gênero!

Prefiro o desafio de combinar cores inusitadas para os quartos infantis, ou manter o ambiente “neutro”, para não ser mais um ambiente onde o pano de fundo, determina quem será o pequeno que ali vai habitar. Sem mais polêmicas, vou falar das vantagens de um quarto neutro e mostrar diferentes estilos que se encaixam muito bem nessa ideia.

Um quarto com cores neutras pode ser facilmente adequado em relação ao tema do quarto, conforme seu filho vai crescendo, se encaixam em qualquer estilo, e os neutros “naturais”, trazem uma forte sensação de aconchego. Cores muito vibrantes e intensas são estimulantes e o quarto tem como função principal de ser o local de descanso.

Outro ponto é a chegada do segundinho, se você já tem uma filha e é surpreendido com a chegada de um menino, vai dar mais trabalho modificar uma marcenaria e decoração do quarto se ele estiver todo rosa, concorda? Vou falar um pouco sobre alguns estilos (ou a mistura deles), e como manter um ambiente neutro em relação ao gênero do seu filho. Não é porque o quarto tem uma base neutra que ele não tem personalidade e estilo. Dá só uma olhada no que separei para mostrar para vocês hoje.

O primeiro quartinho que trouxe é do estilo Boho ou Boêmio. Eu AMO esse estilo, é bem diferente do que a gente tá acostumado a ver em quartos de bebe. O Boho nasceu do mix entre referências étnicas, hippies e punks combinadas com os estilos romântico, country e vintage. Pode parecer super confuso, mas juro que na medida certa fica lindo de viver. Tem uma pegada natureba e do DIY, característica dos estilo hippie, étnico e country.

Esse estilo é carregado de texturas e cores naturais. Esse quarto de bebe que escolhi, tem uma base neutra, com mobiliário e adornos feitos em fibras naturais, a composição ficou super clean e harmônica. Mas o Boho também gosta do exagero e de cores intensas, mas eu particularmente prefiro o bom “menos é mais” para quartos de bebe.

A febre do momento é o estilo Escandinavo, que tem como linha central o minimalismo, a elegância e o tradicional resgatado com uma roupagem moderna. O pano de fundo desse estilo é, em geral, branco e clean que confere o tom elegante desses ambientes. Abusa de materiais e cores naturais e valoriza peças com marcas de uso. Combina um mobiliário moderno de linhas retas com peças vintage e clássicas, e pode ser usado em qualquer ambiente de sua casa, desde a sala até o quartinho do bebê.

Como o quarto de crianças pede cores, minha recomendação é usar em elementos pontuais, roupa de cama, almofadas e adornos. Mas para além da cor, o lúdico desse estilo pode ser alcançado em um mobiliário em escala infantil divertido, nos brinquedos de madeira e nos adornos.

Outro estilo onde a base é clean e neutra é o Contemporâneo, esse estilo privilegia um mobiliário de silhuetas marcadas e linhas retas, peças angulares e superfícies lisas. Para dar uma quebrada nesse aspecto mais seco, os acessórios como tapete, estofados e cortinas entram para dar aconchego, mas sem muito alvoroço, poucas estampas ou geométricas discretas. O quarto que separei é um bem por ai, mas com cores que entram nos acessórios decorativos e discretamente na marcenaria.

A designer dinamarquesa Marie Willumsem caprichou no quarto do seu filho apostando em uma pintura de parede que fez toda a diferença. Para conseguir um resultado com essa mesma vibe, a nossa dica é aposte em pinturas gráficas simples nas paredes e adicione adesivos prontos. Outra dica é abusar de um mobiliário feito em madeira natural e compor com algumas peças coloridas!

Para quem gosta de ambientes no estilo clássico, detalhes importam, sancas curvas, cortinas vistosas, móveis em geral antigos e com entalhes curvos e delicados. Mas péra, como esse estilo prima por peças grandes, vistosas e cheias de detalhes. Ou seja, fica bacana usado em ambientes amplos, então cuidado para não abusar e tornar o quarto do seu pequeno um ambiente pesado. A nossa dica aqui é fazer mix do clássico com o moderno e vintage, afinal as casas estão cada vez menores e o quarto do bebê precisa ser prático e funcional.

O primeiro quarto de bebê que escolhemos aqui é um clássico bem moderno e clean. A paleta neutra com um tema botânico, usando uma paleta bem natural – verde, bege, cinza, branco – pode ser usado em um quarto tanto para meninos como para meninas. O acochego desse ambiente vem na texturas das peças, no uso de fibras naturais, tapete fofinho, nas almofadas descombinadas – pelucia, veludo, algodão. O toque vintage, entra bem pontualmente, com as luminárias em metal envelhecido, e alguns brinquedos e objetos que carregam esse estilo.

O segundo explora a temática circo, que é perfeita para a atmosfera vintage. O mobiliário com pé palito, formas arredondadas (Ameise Design), são a marca registrada dos anos 50. O cinza do papel de parede, entra como pano de fundo em contraponto com o amarelo e pontos de cor em outros objetos decorativos. Uma dica para marcar o estilo busque objetos antigos em cores primárias, brinquedos em madeira ou metal, bandeirolas, o luminoso com a letra do pequeno.

Espero que tenham gostado das dicas! Até a próxima!

Paula Garrido, mãe da Nina, inquieta, libriana e detalhista, é uma apaixonada por design de interiores e pela possibilidade de criar espaços que resgatem emoções e memórias, onde as pessoas se sintam acolhidas e se reconheçam para construir neles suas histórias

Deixe seu comentário!